Em gestão corrente ...como o País...

Dezembro 05 2008

    

E já que a vida está tão tristonha,

recolhamo-nos para ouvir uma pequena pérola

em dueto

"Dream a little dream of me"

 


Dezembro 05 2008

  

   Do Diário Digital de hoje:

 

            

sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008 | 13:19


PSD convoca Conselho Nacional Extraordinário para dia 16

Motivado pela constante descida do partido nas sondagens, o PSD decidiu marcar, já para dia 16 deste mês, um Conselho Nacional Extraordinário, com o objectivo dediscutir a situação actual do partido.

 

Segundo avança a Rádio Renascença, aquele que é o órgão máximo do PSD entre Congressos, onde estão representadas as diferentes sensibilidades dentro do partido e é o local por excelência para o debate de ideias, terá como único fito analisar o actual momento dos sociais-democratas e o desempenho da direcção liderada por Manuela Ferreira Leite.

Com o ciclo eleitoral agendado para 2009 à porta, durante o qual o PSD terá de responder perante os eleitores em quatro escrutínios, vários militantes têm mostrado intenção de querer explicações sobre os silêncios da líder do partido, sobre as suas gafes e o afastamento de um dos elementos da sua direcção, numa situação descrita por alguns como um indício de que a direcção e o núcleo duro da actual líder se começa a fragmentar.

Recorde-se que, numa sondagem revela hoje, o PSD regista uma queda de 2,1% nas intenções de voto, permitindo ao PS ficar novamente mais próximo da maioria absoluta.

Copyright Diário Digital 1999/2008

        

   Um país em crise económica e social profunda (mesmo antes da crise internacional), um primeiro ministro com um nariz maior que o do Pinóquio e sem qualquer credibilidade, ministros queimados ou completamente totós, desemprego como nunca se viu, aumento butal dos impostos, diminuição acelerada do poder de compra, destruição económica e social da classe média, e o que faz o PSD?

   Continua a dar tiros no pé, entretem-se em exercícios autofágicos, muda de líder a um ritmo superior ao dos escândalos bancários, elege líderes manifestamente sem os atributos necessários à função (pese embora as suas qualidades pessoais) e discute incessantemente a sua própria situação interna, para a qual, evidentemente, os portugueses se estão borrifando!

   E assim se transforma uma situação geradora de descontentamento com o governo e exgindo uma alternativa credível com propostas claras e alternativas, num pântano em que os eleitores, apesar de tudo "preferem" o mal que está ao péssimo que adivinham!

   É o que se chama entregar o ouro ao bandido!

   Estou farto!

   Venha alguém novo e descomprometido com este pântano - avança Pedro Passos Coelho!

       


  


Dezembro 05 2008

              

     

Francisco Relógio.

Vendedeira de flores, óleo s/ tela, 65x50, 1992

    


 

emgestaocorrente às 18:13

mais sobre mim
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

14
15
16
17
18
19
20

26

28
29
30
31


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO