Em gestão corrente ...como o País...

Novembro 03 2007

   Na madrugada de 5ª para 6ª feira, em pleno Terreiro do Paço, um carro em excesso de velocidade, e desrespeitando um sinal vermelho, atropelou várias pessoas que atravessavam uma passadeira que apresentava sinal verde.

   A violência do embate foi tal que o condutor conseguiu matar 2 pessoas e colocar outra em perigo de vida.

   Segundo testemunhas presenciais o condutor pôs-se em fuga e foi apanhado por populares.

   Até aqui, tudo "normal".

   O assassínio motorizado faz parte da falta de civismo dos portugueses que, normalmente afáveis, se transformam em perigosos facínoras mal se apanham ao volante de qualquer veículo com motor.

   Faz parte, também do dia a dia português os tribunais condenarem a penas de prisão qualquer pequeno roubo num supermercado e absolverem ou aplicarem penas suspensas aos assassinos da estrada.

   O que torna este caso diferente é que apresenta dois aspectos até agora incomuns.

   O assassino que não respeitou o sinal vermelho e que vinha em brutal excesso de velocidade, ao contrário do habitual, era uma mulher com idade relativamente madura - 35 anos.

   A assassina pôs-se em fuga abandonando as suas vitimas.

   Até agora habituados a ver situações destas protagonizadas por homens, quase sempre jovens e etilizados ou drogados, vemos agora que as mulheres portuguesas imitam os piores hábitos masculinos .

   Isto é, Portugal está a mudar, e para pior!

   A concluir: a criminosa não foi detida e nem sequer lhe apreenderam a carta de condução !

   É a justiça que temos...

    

 

  

 



mais sobre mim
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
blogs SAPO