Em gestão corrente ...como o País...

Outubro 25 2010

   Sabe quem é Paulo Campos?

   É o Secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações que tem a seu cargo a cobrança de portagens nas SCUTs.

   Sabe quem é Pedro Bento?

   Era assessor de Paulo Campos.

 

   Pedro Bento pediu a demissão de assessor; sabe porquê?

   Porque foi exercer as funções de administrador executivo, em Portugal, da Q-Free.

   E o que é a Q-Free?

   É a empresa fornecedora dos chips de matrícula que o governo quer utilizar nas SCUTs e a quem comprou os pórticos de pagamento de portagens!!!

   E o primeiro negócio internacional desta empresa norueguesa fez-se com quem?

   Com o governo português!!!

 

   Branco é, galinha o pôs!


emgestaocorrente às 20:50

Abril 05 2010

Um grande Escuteiro:
O Público reuniu provas de que Sócrates, já em exclusividade como Deputado e a receber como tal, "assinou" dezenas projectos de casas horrorosas e ainda por cima com erros (o que lhe valeu uma repreensão por escrito de uma Câmara PS).
O seu gabinete declara que os projectos foram feitos gratuitamente!
Que grande escuteiro!

Obrigado "Eng.º"!


emgestaocorrente às 11:36

Março 19 2010

 

Os impostos não aumentaram nem vão aumentar

... você é que está pagando mais!!!

emgestaocorrente às 11:22

Fevereiro 14 2010

  

   A Escola Secundária Maria Lamas, em Torres Novas, herdou o edifício da antiga Escola Comercial e Industrial, construído há mais de 50 anos.
   Como essas instalações se tornaram insuficientes e acanhadas para o crescimento da população escolar e para as novas necessidades pedagógicas, foram montados pavilhões pré-fabricados nos jardins da escola e que funcionaram mais de 20 anos até à sua degradação absoluta.
   Entretanto foi construído um novo edifício para substituir esses pavilhões e que foi inaugurado em 2002.
   Este novo edifício custou (a preços de então) 1 milhão de euros.
   Oito anos depois de ser inaugurado coloca-se a possibilidade de ser demolido por não oferecer condições mínimas de segurança!!!
   Não tem acessos, as paredes apresentam fendas e chove no seu interior!
   Além disso não está preparado para resistir a um tremor de terra, mesmo que de baixa intensidade!
   O responsável pela obra foi o Ministério da Educação e o presidente (socialista) da Câmara Municipal classifica este acto como uma vergonha!
   Por mim, cada vez tenho menos vontade de pagar impostos!!!
   E, já agora, não houve projectos nem fiscalização???

 

(Post escrito tendo como base uma reportagem do "Mirante", semanário regional)

 

 


 


Novembro 11 2009

   Vinha por aí, rua fora, e entra-me pelos olhos dentro a solução (barata!) para a felicidade humana.
   Amores (e ainda por cima perfeitos!) a 90 cêntimos!
   Lá se vai o negócio de psiquiatras, psicólogos, farmacêuticas e tutti quantti!
  Por mim, comprei logo meia dúzia de amores perfeitos; fiquei com um e coloquei os outros no congelador (homem prevenido vale por dois!).
   Como não sou egoísta e sou vosso amigo digo-vos que também podem adquirir amores (perfeitos!) na florista das traseiras do meu prédio.
   Não quero que vos falte nada!

 


 

emgestaocorrente às 11:30

Outubro 28 2009

 

 

   Portugal suporta uma crise, grave e duradoura, que é só sua e que só aos Portugueses compete resolver.

   Já desperdiçámos um tempo precioso e nada fizemos para atenuá-la, muito menos para superá-la.

   Poderemos empobrecer lentamente até que da Europa só nos reste a geografia.Poderemos fingir que tudo está no bom caminho, mesmo quando sabemos que não está. Poderemos confiar nos acasos, com um optimismo que é apenas uma imensa irresponsabilidade.

   Uma coisa, porém, é certa: se não conseguirmos "mudar" o essencial da nossa sociedade, teremos o futuro comprometido.

   A economia portuguesa regista uma década tão medíocre que só encontra paralelo próximo no fim da Monarquia e no princípio da República.

   Daqui emergem fenómenos sociais graves, desiquilíbrios financeiros perigosos, desmedidos endividamentos público e externo.

   Chegámos à beira do precipicio e, se dermos um passo em falso ou tardarmos na reacção, ninguém evitará um enorme sobressalto.

 

Medina Carreira,

"Portugal que futuro? O tempo das mudanças inadiáveis"

Ed. Objectiva, Lisboa; Setembro de 2009

 


 

emgestaocorrente às 22:09

Outubro 16 2009

 

   João de Deus Pinheiro saiu da vida universitária pela mão do Prof. Cavaco Silva que o convidou para Ministro da Educação.

   Mais tarde transferiu-o para Ministro dos Negócios Estrangeiros, onde se desentendeu com o delfim Durão Barroso, passando este a Ministro e aquele a Comissário Europeu.

   Constando que se dedicava mais ao golfe (e não só) do que aos trabalhos da Comissão Europeia, foi para Deputado Europeu.

   Até aqui, tudo bem. Um percurso próprio de um barão do grupo da "boa moeda", acumulando honrarias, mordomias e honorários correspondentes a um membro dessa confraria monetária.

  E até teve tempo de escrever um romance pelo meio!

   Agora, quando a Dr.ª Manuela tocou a rebate e formou listas de deputados só com gente fina, impoluta e da confraria da "boa moeda" (como o Dr. Preto e quejandos), Deus ressuscitou e encabeçou a lista do PSD em Braga.

   Eleito, tomou posse ontem à tarde como os outros deputados.

   Meia hora depois renunciava ao cargo!

   Pudera, na Assembleia da República, ao contrário do que se crê, as prebendas não entusiasmam tão divinas personagens!

   Uma vergonha para ele, para o Partido, para a Dr.ª Manuela e até para mim que, como sempre, votei PSD!

   Estou farto da "boa moeda"!

   Venha, rapidamente, uma moeda normal!

  


 


Outubro 07 2009

 

   Acabo de ouvir na rádio que o Dr. Carvalho da Silva apoia o Dr. António Costa para a Câmara de Lisboa.

   O Dr. Costa foi vice Primeiro Ministro deste governo e é presidente da Câmara e candidato a novo mandato pelo PS.

   O Dr. Carvalho é o crónico dirigente da CGPT, braço sindical do PCP, dirigente destacado do próprio PCP e considera o Código do Trabalho deste governo o maior ataque, feito após o 25A, aos trabalhadores portugueses.

   O PCP apresenta como candidato à Câmara de Lisboa o eterno Dr. Rúben, considerando o Dr. Costa como um desastre regional e nacional.

   Agora adivinhem quem é que o Dr. Carvalho apoia para a Câmara de Lisboa?

   Não caro leitor(a)! Você é louro(a) varrido!

   O Dr. Carvalho apoia o Dr. Costa!!!

 

   Por favor tirem-me deste filme que eu já não tenho pachorra!!!

 


  

emgestaocorrente às 15:04

Outubro 06 2009

 

 

 

   ALGUÉM ME EXPLICA O QUE PASSOU NAS 2 ÚLTIMAS SEMANAS?
   PRESIDENTE DA CARITAS: A POBREZA TEM AUMENTADO MUITO, ESPECIAL/ NAS CLASSES MÉDIAS, ONDE É ENVERGONHADA.

   SÓCRATES NOS DEBATES E NOS COMÍCIOS DAS LEGISLATIVAS: DIMINUÍMOS EXTRAORDINARIAMENTE A POBREZA EM PORTUGAL!
   SERÁ QUE FIQUEI "LOURA"???

 

 

emgestaocorrente às 13:23

Outubro 06 2009

A gestão pelo terror

 

 


 Louis Pierre Wenes, após o suicídio de 24 colaboradores da empresa, em dezoito meses, é uma tentiva de ocultar a natureza das coisas. Os sindicatos acusam Wenes de ter introduzido a gestão pelo terror. O problema, porém, não reside em Wenes, mas na própria natureza da economia mundial. Ela é pensada em analogia com a lei da natureza, onde só sobrevive o mais forte. Este acontecimento revela também outra coisa. Os trabalhadores europeus estiveram, durante décadas, resguardados daquilo que acontecia noutros lados. Com a abertura das fronteiras, com a expansão do comércio mundial, com a concorrência levada ao extremo, os europeus não percebem o que lhes está a acontecer. Não apenas irão ficar cada vez mais pobres, mesmo que as economias nacionais fiquem mais ricas, como os regimes de trabalho serão cada vez mais duros e prolongados. O tempo das amplas classes médias europeias chegou ao fim. Sem o contraponto dos regimes comunistas e o medo que estes geravam, a essência da economia de mercado revela-se em toda a sua natureza. Dentro desta natureza está a consideração de que os homens não são mais do que mão-de-obra, isto é, mercadoria que se compra, vende e joga no lixo, quando não é precisa.

 

 

 

emgestaocorrente às 11:50

Outubro 06 2009

 

    IRS: 95% para o governo, 5% para as autarquias.

   É destes 5% que o governo quer que saiam os incentivos para fixação no interior!!!

 

    Tirem-me deste filme que já não tenho pachorra!

 


 

emgestaocorrente às 11:46

Outubro 06 2009

 
   Acabo de ler isto no site da SIC:
 
   Almeida Santos diz que Portugal não precisa “de submarinos para nada"
   O presidente do Partido Socialista, Almeida Santos, disse na noite de segunda-feira em Alenquer que Portugal "não precisa de submarinos ...para nada", defendendo antes a compra de armas.
   
    Mas não foi o governo PS/Guterres que comprou 5 submarinos, mais tarde reduidos para 2 pelo governo Barroso???


 

emgestaocorrente às 11:41

Outubro 04 2009

  

   Esta noite, na RTP1, Marcelo Rebelo de Sousa elogia Pedro Santana Lopes.

   Está-se mesmo a ver o filme: Marcelo precisa dos santanistas para o assalto ao lugar da avó Manuela!

 


 

emgestaocorrente às 23:55

Outubro 04 2009

 

   Na passada 6ª feira:

   - Neste fim de semana vai haver um jantar no Palácio dos Desportos com centenas de pessoas; eu vou porque entro nas listas do PS; e é à borla, oferecido pelo Sr. Rodrigues, presidente da Câmara!

   (Palavras de manicure, em salão de Torres Novas)

   E eu a pensar: Ai Rodrigues, Rodrigues, onde tu andas a desbaratar o dinheiro dos meus impostos!!!

 


 


Outubro 04 2009

 

   Estava a ver as notícias e vi Jerónimo de Sousa a apelar à população de um concelho do sul para dar a maioria absoluta à CDU nas próximas eleições autárquicas.

   Lembrei-me, então, que há poucas noites, o mesmo Jerónimo de Sousa, considerava uma grande vitória da CDU nas legislativas o facto de o PS ter perdido a maioria absoluta.

   Assim vai a luta de classes: entre maioria absolutas virtuosas (as nossas) e maiorias absolutas pecaminosas (as dos outros)!

   Haja Deus, que a paciência já me falta!

 


 

emgestaocorrente às 22:51

Outubro 04 2009

  

    Para a "esquerda" portuguesa a Irlanda era a última aldeia gaulesa e os irlandeses eram valorosos Astérixs prontos a combater e a vencer as invasões dos bárbaros europeus, povos, como se sabe, andrajosos e sem abrigo, que cobiçavam as riquezas etílicas da velha Irlanda.
   O problema é que os irlandeses, a braços com grave crise económica e a precisarem urgentemente das verbas europeias, votaram, categóricamente, a favor do Tratado de Lisboa.
   Passaram, súbitamente, a ser um povo de carneiros para o PCP e para o BE e, até, aquela risível figura que dá pelo nome de Ilda Figueiredo, veio proclamar que o referendo não tinha sido livre e que os irlandeses tinham sido obrigados a votar pelo sim!!!
   Eu realment vi o Durão Barroso de metralhadora em punho a entrar nos bares irlandeses, mas não sabia a razão!!!
E não se pode mandá-la para a democrática monarquia comunista da Coreia do Norte?

   


 

emgestaocorrente às 13:40

Julho 14 2009

Um texto de Jorge Carreira Maia no

www.averomundo-jcm.blogspot.com

 

 

Trabalhos de feitiçaria

 

 

 Por causa deste senhor e da senhora que superintende a educação chegou ao que chegou. Um dos aspectos mais graves é a contínua politização, entendida aqui como luta político-partidária, dos resultados dos exames nacionais. Aquilo que deveria ser motivo de reflexão serena e um indicador socialmente útil transformou-se, devido a certas feitiçarias dos nossos feiticeiros-mores, num espaço estéril de polémica e numa telenovela ao nível daquelas que a Justiça proporciona para gáudio da comunicação social e de nós, pobres indígenas, que não temos nada com que nos entreter. Ontem saíram os resultados dos exames do 9.º ano e logo a maga chefe veio anunciar que o país se deveria congratular com tais resultados, talvez organizar umas festas dos santos populares tão ao gosto das comunidades educativas, digo eu. Já a Associação de Professores de Português exige que o Ministério da Educação, isto é, a Confraria Nacional de Mágicos e Feiticeiros, explique a queda dos resultados, os quais apesar de caírem ainda merecem que o país se congratule com eles, segundo a Maga-Chefe. Portanto, os professores de português que se preparem. Se o PS ganhar as eleições com maioria absoluta lá vão apanhar com mais um daqueles extraordinários planos de salvação, como o que impera na Matemática. A educação tornou-se o refúgio dos amantes do plano. Todos os que adoravam os planos quinquenais soviéticos ou os planos de fomento do Estado Novo Salazarista encontraram um ninho e um nicho para aplicarem as suas inovadoras ideias sobre planeamento e planificação, em última análise ideias que conduzem à terraplanagem do saber e ao achatamento e à rasura do que deveria ser elevado.

 


 


Julho 03 2009

 

 

 

 

 

 


Julho 02 2009
Incidente no debate do estado da Nação
 
Manuel Pinho faz chifres para bancada do PCP 
 
02.07.2009 - 17h59 Maria José Oliveira, Nuno Simas
É o caso do debate do estado da Nação de hoje. Tudo porque o ministro da Economia, Manuel Pinho, fez um gesto, colocando os dedos indicadores na testa, a imitar chifres, dirigindo-se a Bernardino Soares, líder parlamentar do PCP. Manuel Pinho reuniu-se, entretanto, com os ministros Augusto Santos Silva e Pedro Silva Pereira numa das salas do Governo, mas nada se sabe sobre o encontro.

O debate era sobre a situação das Minas de Aljustrel e Bernardino Soares lembrou que Pinho teria ido à vila alentejana “dar um cheque”. Foi então que o ministro reagiu com o gesto que deixou os comunistas e bloquistas ofendidos.

Pouco tempo depois, já o Bloco de Esquerda, partido que estava a usar da palavra no debate, também exigia um pedido de desculpa. Por essa altura, já o Bloco pusera a circular uma imagem de Pinho com os dedos na testa. Foi o ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva, que admitiu tratar-se “de um excesso”, a pedir desculpas ao PCP. Bernardino Soares aceitou as desculpas.

Manuel Pinho admitiu o excesso – “excedi-me” – e abandonou a Assembleia. Questionado pelos jornalistas, ao abandonar o hemiciclo, Manuel Pinho reconheceu tratar-se de “um gesto desesperado”, mas recusou que o incidente seja suficiente para deixar o Governo. “Absolutamente, sobretudo enquanto safar postos de trabalho”, disse Pinho, que lembrou o esforço – “passámos muitas noites sem dormir” – para tentar “salvar” postos de trabalho nas minas de Aljustrel.

Bernardino Soares afirmou que este caso “é uma triste marca para o debate da Nação”. Depois do pedido de desculpas de Santos Silva, o deputado comunista não falou a Pinho que se terá limitado a acenar com a mão em pedido de desculpas.

Entretanto, Manuel Pinho - que regressou ao debate mas saiu para reunir com Santos Silva e Silva Pereira - já pediu desculpas pessoais a Francisco Louçã, mas o líder bloquista insiste num pedido formal no plenário.

Notícia actualizada às 18h54
 
 

 

 

Rapinado do "PÚBLICO" (www.prensaescrita.com)

 


 

emgestaocorrente às 19:22

Julho 02 2009

 

PINTURA de ANTÓNIO VENTURA
Até 24 de JULHO


Passe um fim de semana único, desfrutando a riqueza paisagísica, ambiental, patrimonial, monumental e gastronómica do norte alentejano - Portalegre, Marvão, Castelo de Vide, Alter e Coudelaria Nacional.
Calma, sossego, qualidade do ar, da terra, da água, dos produtos artesanais e gastronómicos.
Um museu com obras de Paula Rego, Pomar, Graça Morais, Vieira da Silva e tutti quanti!
E a minha exposição, claro!

 

Inauguração
(Eng.º Mata Cáceres - Presidente da CM, Dr.ª Helena Nabais - Vereadora, Sofia - coautora de algumas telas, António Ventura, Dr. Polainas - Vereador.

 

 

    


 


mais sobre mim
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
blogs SAPO