Em gestão corrente ...como o País...

Março 19 2007

                                                         

      O Diário de Noticias de hoje faz-se eco  de um estudo da Comissão Europeia ("Trabalho e Saúde na UE", de 2002) que estima em 8 milhões de pessoas, na UE a 15,  que sofrem de problemas de saúde, não acidentais, causados ou agravados pela sua actividade profissional.

      Em 53% dos casos trata-se de problemas do foro musculo-esquelético (tendinites, hérnias, lombalgias, etc.) provocados por posturas inconvenientes, movimentos repetitivos, manuseamento de pesos, etc., afectando tanto operários como informáticos e outros trabalhadores intelectuais.

      Seguem-se, com 18%, o stress, a depressão e a ansiedade e as doenças pulmonares com 8%.

      Destes problemas de saúde resultam 350 milhões de dias de trabalho perdidos por ano, tantos como os decorrentes de doenças naturais.

      Calcula-se que estes dias de trabalho perdidos impliquem uma perda de mil milhões de € por ano aos trabalhadores afectados e, também, uma importante quantia às empresas (perda de produtividade, subsidios de doença, etc.).

      35% dos europeus (UE a 15) declaram que o seu trabalho afecta a sua saúde e a sua segurança.

      Portugal apresenta a maior prevalência de acidentes de trabalho na UE a 15: 248.000 acidentes de trabalho não mortas e taxa de sinistralidade mortal de 8,1%. As lombalgias e as dores dos membros superiores aparecem em 39% dos trabalhadores portugueses - mais, só os gregos.

      O Ministério do Trabalho calcula (2002) em 7,6 milhões de dias de trabalho perdidos por ano por acidentes de trabalho (média de 43,1 dias por acidente).

      Assim, não há economia que aguente!

      Trabalhar dá saúde? Parece que não, especialmente se as condições de trabalho são deficientes sob o ponto de vista da segurança, pouca atractivas em termos monetários e com pessoal pouco qualificado.

 

     



mais sobre mim
Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
16

23
24

25
28
29
30
31


links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
blogs SAPO