Em gestão corrente ...como o País...

Abril 03 2010

 

Ela:
Meu amado
como é doce banhar-me perante ti
deixar que a minha nudez se revele
   por debaixo da
   túnica molhada
mergulhar contigo
   e voltar a emergir
com um bonito peixe vermelho
   entre os dedos

 

Ele:
Quando ela me acolhe
   com os braços abertos
um perfume delicioso e estranho
   me envolve
como se tivesse chegado agora
   da longínqua Punt
E quando a vejo
   o fogo sobe-me à cabeça
e sinto-me bêbedo
   sem ter bebido

  

Ela:
O teu amor penetra o meu corpo
como o vinho a água
quando a água e o vinho se misturam

 

 


Tradução de Jorge Sousa Braga,
"Rosa do Mundo - 2001 Poemas para o Futuro", Ed. Assírio & Alvim, 2001


emgestaocorrente às 21:40

mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
blogs SAPO