Em gestão corrente ...como o País...

Fevereiro 26 2007

               

Corpos há que terminam em pleno mar.

São corpos e são manhãs.

São corpos e são agosto atravessados pelo sol

por breves ventos.

                    

Abandonado limite

quem levando aos lábios a chávena de café

retém o gesto o vidro os dedos.

Nostálgico café por horas e horas repetido.

                     

João Miguel Fernandes Jorge

in "Antologia Poética 1977-1994"

             


 

emgestaocorrente às 15:18

mais sobre mim
Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
17

18
19
20
21



links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
blogs SAPO