Em gestão corrente ...como o País...

Fevereiro 23 2007

                  

      A TSF e o Diário de Noticias de hoje dão conta do Barómetro da Marktest realizado já após o referendo de 11 deste mês.

      Espantosamente, o PS reforça a maioria absoluta, obtendo 47% das intenções de voto se as eleições se realizassem agora (mais 2% que nas últimas legislativas e mais 4% que no mês passado).

      Ainda mais espantoso é que o líder do PS e Primeiro Ministro, José Sócrates, duplica a subida do PS no índice de popularidade dos líderes partidários.

      Tendo em conta que José Sócrates, nos aspectos mais importantes da governação, tem feito exactamente o contrário do que prometeu durante a campanha eleitoral (aumentou o "boyismo", subiu todos os impostos, aumentou o desemprego, vai colocar portagens nas SCUTs, deixou que Portugal fosse ultrapassado por vários países pobres e atrasados da ex-cortina de ferro e tem aumentado a divergência em relação à médi europeia), só a completa vacuidade politica da oposição (leia-se do PSD) pode explicar estas percentagens de intenção de voto e de popularidade.

      Líder competente, honesto e com um rumo para Portugal que necessite de fazer rodagem a carro novo necessita-se urgentemente para o PSD (e para Portugal...).

                   

              

 

     


emgestaocorrente às 15:58

mais sobre mim
Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
17

18
19
20
21



links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
blogs SAPO