Em gestão corrente ...como o País...

Fevereiro 08 2009

   

Canção

  

   Tu eras neve.

   Branca neve acariciada.

   Lágrima e jasmim

   no limiar da madrugada.

   

   Tu eras água.

   Água do mar se te beijava.

   Alta torre, alma, navio,

   adeus que não começa nem acaba.

   

   Eras o fruto

   nos meus dedos a tremer.

   Podíamos cantar

   ou voar, podíamos morrer.

    

   Mas do nome

   que maio decorou,

   nem a cor

   nem o gosto me ficou.

    

Eugénio de Andrade, in

"Até amanhã"

     


 

emgestaocorrente às 12:41

mais sobre mim
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
17
18
20
21

22
24
25
26
27
28


links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
blogs SAPO