Em gestão corrente ...como o País...

Fevereiro 08 2009

  

   Jorge Carreira Maia no indispensável "A ver o mundo":

Causas da esquerda

 

 

«O secretário-geral do PS, José Sócrates, classificou hoje em Coimbra a regionalização e o casamento entre homossexuais como bandeiras que identificam o Partido Socialista com a esquerda progressista e a esquerda do povo.» Por muito que medite, ainda não consegui compreender por que razão o "casamento" entre homossexuais é uma questão de esquerda ou de direita. Mas se o Partido Socialista e o seu magnífico chefe acham, quem sou eu para recordar que a orientação sexual ou os negócios afectivos não têm cor política. Dir-me-ão: a permissão do casamento é uma bandeira de esquerda, como salienta Sócrates. Mas a esquerda não viu durante muito tempo o casamento como algo que fazia parte das estruturas jurídicas reaccionárias e opressoras? Não será a extensão do casamento aos pares homossexuais a extensão da opressão àqueles que são livres? Quanto à regionalização o problema é idêntico. Por que razão o retalhar do país em feudos será uma questão de esquerda? Será que Sócrates se está a preparar para acolher no seu partido o dr. Luís Filipe Menezes e o autarca-poeta Mendes Bota?
      

 

emgestaocorrente às 10:59

mais sobre mim
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
17
18
20
21

22
24
25
26
27
28


links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
blogs SAPO