Em gestão corrente ...como o País...

Dezembro 06 2008

    

  José Pacheco Pereira no "Abrupto":

 

 
(JPP)

 

COISAS DA SÁBADO: VALE A PENA FAZER ALGUMA COISA DE SÉRIO NA POLÍTICA?

Valer, vale, mas é em grande parte inútil, porque fica desconhecido, tem o décimo do efeito, e não chega sequer aos seus destinatários. Os jornalismo político que se faz hoje precisa de mostrar sempre uma mesma imagem dos políticos, entre o jongleur inábil e o carreirista cínico e dominado pelo interesse próprio. Sempre que alguém faz diferente é ignorado para não estragar o estereotipo. Um excelente artigo de João César das Neves colocava estes problemas do jornalismo dos dias de hoje e o seu papel na produção da irrelevância.

Na semana passada houve um magnífico exemplo. O modo como os jornalistas, trataram uma das iniciativas mais sérias da vida política portuguesa dos dias de hoje, o trabalho do Instituto Francisco Sá Carneiro (podem julgar por vós próprios aqui ), capaz de desmoralizar o mais determinado cidadão que acha que a política se deve fazer de forma séria e com trabalho, Procurem nos jornais do dia seguinte com uma lupa qualquer notícia, apesar da sala estar pejada de jornalistas, curiosos apenas por ver se havia alguma gaffe nos discursos.

          


 


mais sobre mim
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

14
15
16
17
18
19
20

26

28
29
30
31


links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
blogs SAPO