Em gestão corrente ...como o País...

Março 09 2012

 

Igual aos deuses me parece

quem a teu lado vai sentar-se,

quem saboreia a tua voz

mais as delícias desse riso

 

que me derrete o coração

e o faz bater sobre os meus lábios.

Assim que vejo esse teu rosto,

quebra-se logo a minha voz,

 

seca-me a língua entre os dentes,

corre-me um fogo sob a pele,

ficam-me surdos os ouvidos

e os olhos cegos de repente.

 

Torna-se liquido o meu corpo:

transpiro e tremo ao mesmo tempo.

Vejo-me verde. mais que a erva.

Só por acaso é que não morro.

 

 

Safo,

séc. VII a. c., Grécia

 

Tradução de David Mourão-Ferreira

 

in "Os Dias do Amor, Um poema para cada dia do ano",

de Inês Ramos, Ministério dos Livros Editores, 2009


emgestaocorrente às 22:06

mais sobre mim
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
subscrever feeds
blogs SAPO