Em gestão corrente ...como o País...

Setembro 05 2008

  

   De certo que todos se lembram da empáfia com que o ex-Ministro da Saúde, António Correia de Campos, com o ar arrogante e o risinho cínico que lhe era peculiar, afirmava para as televisões que era o maior, o único que, a ocidente, conseguia conter as despesas em saúde.

   Quem trabalha na área sabia que não podia ser verdade, que as despesas em saúde só podem aumentar e que conter os seus custos é uma tarefa que nem países decentes conseguem.

   Sabe-se agora que a divida dos hospitais as laboratórios produtores de medicamentos já ultrapassou os 737 milhões de euros verba recorde!) e que o atraso no pagamento já ultrapassa os 12 meses!

   Ora aí está: não se paga, logo as despesas estão contidas!!!

   Grande cérebro: o lixo que se varre para baixo do tapete não se vê!

   Haja Deus, que de engºs já chega!!!!

   (E a propósito: a Dr.ª Ana Jorge ainda existe? Ainda será ministra?)

    


 

emgestaocorrente às 21:58

mais sobre mim
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
19
20

21
22
26
27

28
29
30


links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
blogs SAPO