Em gestão corrente ...como o País...

Agosto 15 2008

  

Alpendre/2

   

"Quem muito poupa na carne, acaba por comer a gengiva",

dizia um compadre meu que se arruinou com as mulheres.

O doidivanas tinha alguma razão.

Só que não lhe serviu de nada.

O coitado até comeu os dentes!

Cá o Fernandes governou-se como pôde.

Ao princípio nada foi fácil, diga-se a verdadinha.

Mas agora é essa fartura que se vê:

as arcas cheias e terra (desta vez a do berço!) para passear  

                                                     [com os olhos às trindades.

Cá o Fernandes poupou carne e gengiva.

Soube levar sem grandes sobressaltos a barquinha da vida.

Mandou o filho, o duma listra só, para os estudos.

Era burro. Não dava. Foi para a oficina.

Acho que se perdeu por aí nas políticas.

A Quina está velha.

Tem as pernas que nem mármore de Extremoz,

mas é muito minha amiga.

Ainda me deu uma filha.

A filha está casada com um médico.

Vivem em Coimbra.

  

Alexandre O'Neill, in

"Entre  cortina e a vidraça", 1972

    


 

emgestaocorrente às 08:13

mais sobre mim
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
16

19
20
22
23

25
26
27
30

31


links
pesquisar
 
WEBOSCPE
Colocado a 1/10/2008
blogs SAPO